<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d18279617\x26blogName\x3dComunicarte+Design+%7C+gloss%C3%A1rio\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://comunicartedesign-glossario.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://comunicartedesign-glossario.blogspot.com/\x26vt\x3d-5656977891836558217', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>


Glossário de Design

terça-feira, janeiro 10, 2006
A

AA: Abreviatura para "alterações de autor" em mudanças
no texto composto.

Acentos Ortográficos: São eles: o agudo (´), o grave (`), o til (~)
e o circunflexo (^) para o sistema português.

Adenda: Parte que se adiciona geralmente no final de um livro já composto,
constituindo um complemento que pode ter várias origens (correcção
ou complemento, actualização).

AFM (documentos): "Adobe Font Metrics". Ainda utilizados em fontes
"Type 1" para Mac, mas já não de uso corrente.

Agata (tipografia): Refere-se ao corpo de texto de 5,5 pt.
Também referido como Rubi.

Alfabeto (extensão): É a extensão das 26 letras em caixa baixa (do mesmo
tamanho). Antigamente houve quem dissesse que a extensão correspondente
a 1+1/2 (39 letras) seria a proporção ideal para compor uma coluna,
nesse mesmo ponto.

Ampersand: Sinal tipográfico "&", em português designado "i comercial",
correspondente em inglês a "and" e em francês a "et" da qual deriva
o seu formato original (e+t).

Ângulo de trama: Ângulo segundo o qual cada trama é disposta para evitar
o efeito moiré em impressão.

ANSI (Character Set): Conjunto de 256 caracteres definidos pelo American
National Standards institute, cujos primeiros 128 são em ASCII.

Ante-Rosto ("Bastard Title"): Página de um livro que só leva a impressão
do título, colocado a seguir às guardas. Em inglês pode também ser chamado
"half title page".

Ante-título: Geralmente usado em publicações periódicas,
precedendo o título principal.

Anti-aliased (tipo): Os tipos "anti-aliased" são aqueles que resultam
da transposição dos "outlines" vectoriais para ecrã, conseguindo um efeito
ligeiramente desfocado no contorno, para evitar que se notem os pixeis
que dele fazem parte. A tecnologia desenvolvida pela Adobe (ATM)
permite que isto aconteça.

Antiqua: Tradução alemã para os tipos classificados como Romanos.

Anverso: Branco ou frente da folha que se imprime com a primeira chapa.

Árvore: Parte do tipo correspondente à sua altura.

Asa de Mosca: Antiga designação para corpo de 3 pontos.

Ascendente: Parte de certas letras de caixa baixa que se estende acima do
"x-height" de um alfabeto, nas letras d, b, f, h, k, l, t. (V. Descendente)

Ascendente (Linha de): Linha imaginária que marca o ponto de topo
de uma letra de caixa alta.

ASCII (Character Set): A grande maioria das fontes é baseada
no "American Standard Code for Information Interchange" (ASCII),
que é limitado a 128 caracteres, mas que pode ser estendido até
aos 256(V. ANSI).

ATM: "Adobe Type Manager". Aplicação informática responsável pelo
tecnologia de "anti-aliasing" das letras definidas pelo contorno ("outline"),
melhorando a qualidade das fontes no ecrã. No entanto, ainda necessita,
além do ficheiro da fonte em contorno ("PostScript"), de pelo menos
um ficheiro em "bitmap".

B

Badana: Extensão das capas ou sobrecapas de um livro que se dobram
para o interior.

Barra: Traço horizontal nas letras A, H e T, por exemplo.

Baseline: Linha imaginária que constitui a base da letra.

Bigode (ou filete inglês): Filete ornamental cuja espessura aumenta no centro.

Bisagra: Parte flexível entre as duas laterais e a lombada da capa do livro.

Bitmap: Letras definidas por uma matriz binária em cada corpo específico,
não escalonáveis.

Brochura: Encadernação simples, na qual os cadernos são cosidos
ou colados na lombada de uma capa mole.

Built-in Fonts: São as fontes residentes na impressora.
No entanto, ao utilizar fontes não residentes, estas são automaticamente
enviadas para a memória da impressora, de modo a serem utilizadas.

C

Cabeça: Parte superior da pagina, podendo conter alguma informação.
Denominado ''header'' em inglês.

Caderno: Conjunto de folhas ordenadas, dobradas e cosidas, cujo conjunto
constitui o miolo do livro.

Caixa alta: Caracteres de letra maiúscula, que adquiriram
esta denominação por estarem situados nos caixotins superiores
da caixa de caracteres metálicos.

Caixa baixa: Caracteres de letra minúscula.

Capa: Parte que envolve os diferentes cadernos do livro ou brochura,
já ordenados e constituindo o seu miolo.

Capital: Letra maiúscula.

Capitular: Caracter em caixa alta, utilizado no início de um texto,
sendo de corpo superior ao do texto.

Cião: Azul usado na impressão em quadricromia.

Cícero: Unidade de medida equivalente a 12 pontos (sistema Didot)
ou seja, 4,512 mm.

Cinta: Tira de papel que se coloca envolvendo a capa do livro,
com informação adicional.

CMAP (ou CMYK): Processo de impressão ou visualização de cor dividida
pela mistura de cores aditiva: o cião, magenta, amarelo e negro.

Colofon: Inscrição que pode estar no fim ou início do livro e que contém
a informação sobre título, autor, editor, gráfico, tipografia, local e data
de impressão, entre outros.

Coluna: Espaço em que se divide verticalmente a grelha de composição
de uma página. o espaço entre as colunas é chamado goteira.

Conjunto de Caracteres (''Character Set''): Todas as fontes têm
um conjunto determinado de caracteres, que na maioria dos casos
corresponde ao jogo de teclas habitual, mas que pode não corresponder,
como por exemplo no caso de fontes compostas por imagens.
Estes Conjuntos de caracteres utilizados pela maior parte dos sistemas
actuais são: ASCII, ANSI, Double-Byte, Expert, ISO Latin.

Copyright (©): Direito de cópia ou propriedade reservada.

Corandel: Abertura em parte do texto para inserção de elementos gráficos,
como letras capitulares.

Corpo: Tamanho do tipo de letra medido em pontos.
Os termos que se seguem referem-se a tamanhos pré-determinados:
"Minikin" 3 pt; Brilhante 3,5 pt; Pé de Mosca 4 pt; Diamante 4,5 pt;
Pérola 5 pt; Rubi ou Ágata 5,5 pt; "Nonpareil" 6 pt; "Minion" 7,3 pt;
"Brevier" 7,6 pt; "Bourgeois" 8,5 pt; "Long primer" 9,5 pt;
"Small Pica" 10,5 pt; "Pica" 12,2 pt, Inglês 12,5 pt, Palestina 24 pt.

D

Descendente: Parte de certas letras de caixa baixa que se estende abaixo
da "baseline" de um alfabeto, nas letras g, j, p, q, y. (V. ascendente).

DIN: "Deutsche Industrie Normen" ou Normas Industriais da Alemanha.

Dingbats: Ornamentos tipográficos constituídos em conjuntos de caracteres
e que podem ser utilizados como qualquer outra fonte.

Ditongo: Caracter formado pela conjunção de duas vogais, como o "æ".

Double-Byte (Character Set): Conjunto que pode conter até 20 mil
caracteres, particularmente utilizado para as línguas com um extenso
conjunto de caracteres, como no Kanji ou no Chinês.

E

Egípcio: Classificação dos alfabetos cuja característica é terem hastes
uniformes e patilhas rectangulares e de aspecto pesado.

Elevado: Números ou letras de corpo pequeno que são alinhados
pela parte superior do corpo.

Elzevir: Alfabetos derivados do romano antigo de patilha triangular.

Em: Medida do quadrado na qual se insere o tipo. Cada em é igual ao número
de pontos do corpo desse tipo. Lê-se "M" e provêm da largura da letra M,
considerada como a mais larga do alfabeto. Também denominado "mutt".

Embeded Fonts: Fontes que são distribuídas junto de um documento
"portátil", mas que não são acessíveis para utilização fora dessa
mesma visualização.

En: Metade do valor de "em", na horizontal. Lê-se "N" e provêm da largura
da letra N. Também denominado "nutt".

Entrada: Espaço em branco no início de um parágrafo,
geralmente derivado de tabulação.

Entrelinha: Espaço que se mede entre as "baselines" dos caracteres
posicionados na linha da cima e a na linha de baixo.

''Expert Character Set'': Este conjunto de caracteres, inclui além de todas
as letras de caixa alta e baixa, pontuação, acentuação, números e os símbolos
que completam os 255 caracteres do conjunto standard inclui ainda
os versaletes ("small caps"), os números "oldstyle", os números superiores
e inferiores, os caracteres ligados e ainda outros especiais.
Por vezes é denominado "SCOSF" ("small caps, oldstyle figures").

F

Fac-símile: Reprodução exacta de um documento na sua forma de impressão original.

Família de tipos: Conjunto de alfabetos baseados no mesmo desenho, variando apenas algumas características.

Filete: Traço ou conjunto de traços, de espessuras variáveis que se usam
na composição gráfica das páginas.

Folio: Folha de quatro páginas de impressão.

Fonte: Conjunto de todos caracteres tipográficos compostos pelo alfabeto,
sinais de pontuação, números e outros elementos.

Frontispício: Página no começo do livro, que se segue ao ante-rosto e na qual
figura o título da obra, nome do autor, editor e outros dados, que se faz
acompanhar com uma ilustração. Foi muito usado nos séculos XVII e XVIII.

G

Goteira: Espaço medido entre duas colunas. No entanto, também é chamada
goteira, ao lado oposto ao lombo do livro, quando deste lado, as folhas têm
uma forma côncava.

Gótica: Tipo de letra utilizada a partir do século XV, nomeadamente
por Guttenberg.

Gramagem: Peso do metro quadrado de um determinado papel,
indicado em gramas (g/m2).

Grelha: Estrutura geralmente ortogonal, formada por rectículas,
onde se compõe texto e imagem para organizar as páginas.

Guarda: Aba exterior que se dobra para dentro de uma publicação ou livro,
de forma a proteger a capa.

H

Haste: Parte de algumas letras de caixa baixa, que se eleva acima
da "x-height" (ascendente) ou para baixo (descendente).

Hints/Hinting: Os "hints" são algoritmos utilizados pelo computador
para melhorar substancialmente a apresentação das fontes no ecrã,
mas também nas impressoras de menor resolução, particularmente
nos tamanhos pequenos.

H & J: Hifenização e justificação de palavras. Este método permite
manter espaços mais homogéneos entre as palavras, conseguido pelo
corte de palavras maiores no fim da frase utilizando o hífen ( - ).

I

Índice: Lista de assuntos de que trata uma obra, ordenados por páginas
e que pode aparecer no início ou no final de um livro. Nas publicações
aparece sempre no início.

Inicial: Primeira letra de cada palavra, verso ou capítulo, que pode ser
assinalada com maior decoração e ocupar mais que uma linha.
Chamada também versal.

Itálico: Letra inclinada para a direita, mas que difere da obliqua pela sua
aproximação formal à caligrafia (bem observável nos "a"). Pode chamar-se
também "grifo" ou "aldino" (derivado do tipo de letra utilizada
por Aldo Manuzio).

J

Justificar: Ajustar as linhas de texto num espaço determinado (que pode
ser uma coluna), podendo ser à direita ou à esquerda.

Kerning: Ajustamento extra do espaço entre duas letras, para compensar
o excesso ou escassez de espaço entre as mesmas, derivado do próprio
desenho desses caracteres em particular. Não confundir com "tracking".

L

Latino: Tipo de letra derivado do Didot, mas com patilhas de transição.

Layout: Esboço de um projecto de paginação.

Legenda: Texto que explica e acompanha uma imagem, normalmente
composto num corpo de letra mais pequeno que o do texto.

Livro: Publicação impressa que consiste num conjunto mínimo de 50
páginas de miolo e respectiva/s capa/s. Os elementos que compõem
um livro são os seguintes: mancha, cabeça, pé, lombo, margem, cinta,
sobrecapa, capa, guardas, ante-rosto, rosto, colofon, badanas e miolo.

Logotipo: Designação de uma instituição ou entidade através do seu nome,
por extenso (ou seja, não em sigla).
Não confundir com símbolo.

Lombada: Parte do livro oposta ao corte da frente, onde se cosem ou colam
os cadernos com a capa.

Lombo: Margem interior de uma página, localizada entre a lombada
e a mancha.

M

Mão: A vigésima parte de uma resma de folhas, ou seja, 25.

Magenta: Uma da tintas usadas em quadricromia, juntamente
com o cião, o amarelo e o preto.

Mancha: Conjunto de texto/imagem da página, constituindo
a sua parte impressa.

Marca de corte: Marcas incluídas no papel impresso para indicação
das áreas de corte.

Margem: Espaço branco que envolve a mancha. Podem distinguir-se
quatro margens: cabeça ou superior; pé ou inferior; de corte ou exterior;
de lombo ou interior.

Margem de pinça: Zona com cerca de 1,5 cm na margem da folha de papel
que será agarrada pelas pinças da máquina de impressão.

Meio-tom ("halftone"): Reprodução de uma imagem pela gradação
de tons contínuos.

Miolo: Conjunto de folhas que constituem o interior de um livro
ou publicação.

Metrics (tipografia): Informação referente à largura de cada caracter
e aos valores de "kerning".

Mira: Forma geométrica usada na impressão para acerto dos fotolitos
da mesma cor.

Moderno ("Modern Face"): Família de tipos que surgiu no final
do século XVII e que inclui o "Bodoni".

Moiré: Efeito resultante da justaposição errada das tramas,
provocando um efeito bastante perceptível.

Monocromia: Impressão a uma só cor (ou a preto).

Morder: Diz-se que uma imagem ou caracteres está a morder quando
ocupa integralmente a página, sem se restringir à margem.

Multiple Masters: Desenvolvido pela Adobe, este formato de letras
consistem em pelo menos duas (e até quatro) definições em "outline"
de fontes e que podem ser combinadas para formar uma variedade quase
infinita de espessuras, alturas e mesmo estilos dessa mesma fonte.

N

Normando: Tipo de letra em que as hastes grossas são muito pronunciadas
em relação às finas.

Números "Old Style": Números desenhados para se inserirem
harmoniosamente no texto, ou seja, no qual variam as hastes
ascendentes e as descendentes.

O

OCR: "Optical Character Recognition". Reconhecimento óptico de caracteres.
Este sistema funciona atribuindo a uma dada forma reconhecida uma
correspondência a um caracter de texto.

Old Style: Também "Old Face", foram os alfabetos desenvolvidos a partir
do século XVII.

OpenType: Tecnologia desenvolvida pela Adobe e pela Microsoft
que permite a compressão, o "embedding" e a descompressão de fontes
de modo a que seja facilmente transportável e compatível de plataforma
para plataforma.

Opúsculo: Impresso composto por um máximo de 48 páginas, também
denominado brochura ou folheto.

Orelha: O mesmo que badana.

Outline: Caracter definido pela sua informação vectorial, também
denominado "postscript" ou "printer font", escalonável a qualquer
tamanho, sem perder qualidade.

P

Palestina: Nome dado antigamente ao tipo de corpo 24 pt.

PANOSE (sistema de classificação de tipos): Um dos sistema de classificação
de tipos mais complexos, desenvolvida por Ben Bauermeister (ElseWare
Corporation). A cada tipo corresponde um sistema de classificação
de 7 dígitos que distinguem com precisão o tipo de patilha, a proporção,
o contraste, a variação de traço, a forma da letra, a altura da linha média
e o eixo, e o "x-height". Utilizando este sistema as fontes podem
ser matematicamente comparadas e ordenadas por classes.

Parágrafo: Pequena divisão de um texto, capítulo ou artigo. Pode iniciar-se
com um espaço à entrada da primeira linha (parágrafo português) ou não
(parágrafo alemão).

Parangona: Designação antiga para tipos de corpo de 18 a 20 pt.

Patilha: Pequeno traço transversal que remata as hastes verticais
de alguns caracteres. As patilhas podem ser de diversos tipos (aqui
referidos em inglês): "modern", "bracketed", "square/egyptain",
"oblique", "slab" e "terminus".

Pé: Margem inferior de uma página impressa. Também se denomina pé,
à parte inferior de uma letra.

Pé de Mosca: Designação antiga para letras de corpo de 4 pt.

Pica: Unidade tipográfica de medida, correspondente a 12 pt ou 1 cícero.

Pixel: Elemento mais pequeno do ecrã, sendo que a grande maioria
dos ecrãs têm resoluções de 72 dpi (pixeis por polegada).
Vem da abreviação de "picture element".

Policromia: Processo de impressão a várias cores.

Ponto: Unidade de medida tipográfica, criada por Didot, em cerca de 1742,
baseada na divisão do "pied du roi" (30 cm) em 798 partes, equivalente
por isso a 0,376 mm.

Prancha: Ilustração numa página que não se encontra inserida na sequência
numérica das páginas de texto.

Q

Quadricromia: Impressão a cores por meio das três cores primárias
(cião, magenta e amarelo) e do negro.

R

(V. CMYK) Rede: Trama para reprodução de imagens produzida
por processos fotográficos ou afins.

Redondo: Oposto a itálico.Relevo branco: Impressão em relevo (gravura)
sem aplicação de tinta.

Resma: Conjunto de 500 folhas de papel, equivalente a 20 mãos.

Rosto: Página de uma obra onde figura o título, o autor, editor,
local e data de publicação.

S

(V. Ante-Rosto) Sans-serif: Tipo de letra sem patilhas, também designado
por "sans" ou "grotesque".

Selecção de cor: Separação das quatro cores do processo de quadricromia
("CMYK").

Serifa: Patilha de uma letra.

Sigla: Sinal gráfico convencional, que utiliza as letras iniciais de
uma instituição ou entidade e que pode funcionar como monograma
ou logotipo.

Símbolo: Imagem que identifica graficamente uma instituição, empresa
ou marca, estando geralmente acompanhada de logotipo.

Sobrecapa: Papel impresso que geralmente envolve a capa
de um documento para maior protecção.

Sobre-impressão: Impressão sobre superfície já impressa.

Subtítulo: Palavra ou frase que complementa o título,
aparecendo juntamente.

T

Tipo: Caracter tipográfico.

Tiragem: Número de exemplares de uma edição impressos de uma só vez.

Título: Palavra ou frase que serve de nome a uma publicação,
obra ou partes dessa mesma obra.

Tracking: Ajustamento do espaço entre as letras, mas não particularmente
entre pares de letras para correcção ("kerning"). O tracking pode ser normal,
solto ou apertado, consoante a distância que as letras passam a ter entre si.

Transição: Família de letras que combina as características do "Old Style"
e do "Modern Face", como por exemplo, Baskerville.

TrueType: Tecnologia desenvolvida pela Apple e Microsoft que têm tanto
a informação para ecrã como para a impressora apenas num ficheiro.

Type 1: Desenvolvido originalmente pela Adobe como formato standard
de tipos a usar nas impressoras postscript mas é actualmente um formato
standard. É o formato mais utilizado de fontes postscript, sendo o outro
o "Type 3". As fontes "type 1" são compostas por dois elementos: a fonte
para ecrã (numa pasta própria) e a fonte para impressora.

V

Versal: Letra capital em corpo maior que o do texto e com a qual se inicia
um capítulo. (V. Capitular.)

Versalete ("Small Caps"): Letra cuja forma é a da maiúscula,
mas o tamanho da minúscula.

Volume: Obra impressa com mais de 100 páginas.

X, W, Y, Z

x-height: Altura de qualquer letra de caixa baixa, sem contar com as hastes
ascendentes e descendentes, e tipificada pela altura de "x" (mas que inclui
as alturas de a, c, e, i, m, n, o, r, s, u, v, w, z).